quarta-feira, 8 de novembro de 2006

Xavier+Glauber

“No universo de Glauber, as qualidades do intelectual não estão nas disciplinas do organizador ou na paciência do pedagogo sempre disposto a esclarecer pelo verbo. Estão na coragem da agressão que gera catarse pela violência, que trabalha o inconsciente. Nesse espaço da agressão move-se Paulo Martins. E é nítida a extensão do seu papel no intelectual provocador de Câncer, cujo deboche leva o oprimido à exasperação e à revolta.”

Ismail Xavier, em Glauber Rocha: o desejo da história, no livro Cinema brasileiro moderno.

Ismail Xavier, Glauber Rocha, Glauce Rocha e Jardel Filho,
o Paulo Martins de Terra em transe

Um comentário:

Bury disse...

Como eu sempre gostei de dizer: somente com tiros mudaremos o mundo.