terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Mostra Internacional de Cinema de SBC 2007

No TEATRO CACILDA BECKER – Praça Samuel Sabatini – Paço Municipal – Tel.: 4348-1081– Ingressos: R$ 4,00 e R$ 2,00 (estudantes e pessoas com 60 anos ou mais).

Vai começar de novo. De novo vou tentar ir em tudo – até mesmo em “Querida Wendy” e nos filmes meio veios, que nem do ano passado são. De novo vou falar do preço (não vou reclamar do preço baixo, que parece invejar o do CCBB – e queira Deus que se for invejar algo inveje apenas o preço): Mas cá entre nós, num país que vive com inflação baixa e vive elevando preços como nos tempos de alta inflacionária, mas querendo passar a impressão via a alegação de que a culpa das altas são outras coisas, como no caso das chuvas acabando com as colheitas e outros blábláblás, até mesmo um órgão público acha corriqueiro viver numa dimensão paralela do país, no que tange a preços? Me refiro a seguinte matemática: no ano passado o ingresso era 3,00 paus, nesse ano é 4,00. Dá uns 30% de aumento, se não me engano. A inflação anual de 2006 ficou por volta dos 3%. Quer dizer, acompanhando a inflação anual essa entrada deveria ser uns R$3,10 hoje. Tudo bem, a entrada ainda continua barata, pode ser que eles tiveram que aumentar porque os distribuidores deles também aumentaram os preços, pode ser encanação minha, pode ser melhor você esquecer esse primeiro parágrafo e passar para o que interessa logo abaixo.

De 18 de janeiro a 25 de fevereiro, a Secretaria de Educação e Cultura da Prefeitura de São Bernardo do Campo, por meio do Departamento de Ações Culturais, promove o ciclo Cinema Internacional em São Bernardo no Teatro Cacilda Becker. Ao todo, serão exibidos 12 filmes, dois títulos por semana, de quinta a domingo, em um caleidoscópio do que se faz de melhor na sétima arte, uma vez que são produções de diversos países, como França, Argentina, Espanha e China, entre outros. Os ingressos custam R$ 4,00, sendo que estudantes e pessoas com 60 anos ou mais pagam R$ 2,00.A mostra começa com o filme A Grande Viagem, do diretor Ismaël Ferroukhi, que retrata a longa viagem de pai e filho à sagrada cidade muçulmana de Meca, durante a qual ambos passarão a se conhecer melhor. Ainda na primeira semana, será exibido o filme argentino Conversando com Mamãe, de Santiago Carlos Oves, que traz a história de um filho que passa por sérios problemas financeiros e resolve vender a casa onde vive sua mãe, com quem não conversa há tempos.Confira a seguir a programação do ciclo Cinema Internacional em São Bernardo e não deixe de aproveitar.

c A GRANDE VIAGEM (França/Marrocos – 2004) – 108 min. Homem idoso descobre que lhe restam poucos dias de vida e decide realizar o sonho de fazer a peregrinação a Meca, cidade sagrada muçulmana. Quem tem a incumbência de levá-lo é seu filho, um jovem que vive no sul da França e não tem muito contato com ele. Durante a longa viagem, que atravessa diversos países, eles passarão a se conhecer melhor. Produção: França/Marrocos. Direção: Ismaël Ferroukhi. Com Nicolas Cazalé e Mohamed Majd. Recomendação etária: 12 anos.
= Dia 18/jan quinta: 20h - Dia 20/jan sábado: 20h - Dia 21/jan domingo: 16h
CRÍTICA:
http://www.cranik.com/agrandeviagem.html

c CONVERSANDO COM MAMÃE (Argentina – 2004) – 80 min. Despedido da empresa em que trabalhava, Jaime se vê em uma crise financeira. Resolve então vender o apartamento onde mora sua mãe e trazê-la para morar consigo, mas ao procurá-la para informar seus planos, surpreende-se com sua resistência em se mudar e o fato dela ter um namorado. Produção: Argentina. Direção: Santiago Carlos Oves. Com Eduardo Blanco, China Zorrilla e Ulises Dumont. Recomendação etária: 12 anos.
= Dia 19/jan sexta: 20h - Dia 20/jan sábado: 16h - Dia 21/jan domingo: 19h
CRÍTICAS:
http://www.criticos.com.br/new/artigos/critica_interna.asp?secoes=&artigo=877
http://www.eca.usp.br/gestcom/aton_est/trabest16/trabestp2.asp?alunid=21

c REIS E RAINHA (França – 2004) – 150 min. Diretora de uma galeria de arte está prestes a se casar pela terceira vez, acreditando que desta vez finalmente encontrou o homem certo. Ao descobrir que seu pai está doente, ela pede ajuda a um ex-amante, que concorda em ajudá-la visando fugir de iminente internação em hospital psiquiátrico. Produção: França. Direção: Arnauld Desplechin. Com Catherine Deneuve, Emmanuelle Devos e Mathieu Amalric. Recomendação etária: 14 anos.
= Dia 25/jan quinta: 20h - Dia 27/jan sábado: 20h - Dia 28/jan domingo: 16h
CRÍTICAS:
http://www.contracampo.com.br/75/reiserainha.htm
http://www.zetafilmes.com.br/criticas/reiserainha.asp?pag=reiserainha

c QUERIDA WENDY (Dinamarca/França/Alemanha/Inglaterra – 2005) – 101 min. Jovem habitante da pequena cidade americana de Estherslope fascina-se por uma pistola, batizando-a de Wendy. Convence outros garotos a fundar um clube secreto baseado nos princípios do pacifismo e da posse de armas, mas uma situação colocará em xeque o cumprimento das regras. Produção: Dinamarca/França/Alemanha/Inglaterra. Direção: Thomas Vintenberg. Com Jamie Bell, Bill Pullman, Michael Angarano. Recomendação etária: 14 anos.
= Dia 26/jan sexta: 20h - Dia 27/jan sábado: 16h - Dia 28/jan domingo: 19h
CRÍTICAS:
http://www.contracampo.com.br/75/dearwendy.htm
http://www.criticos.com.br/new/artigos/critica_interna.asp?secoes=1&artigo=939

c CHUNHYANG – O AMOR PROIBIDO (Coréia do Sul – 2000) – 133 min. Na Coréia do final do século 17, filho de governador local prepara-se para ir à capital completar seus estudos e se tornar oficial. Porém, antes de partir, ele se apaixona por uma bela filha de uma cortesã, com quem se casa em segredo. Enquanto está fora, a amada é condenada à morte por um novo governador e somente o jovem pode salvá-la. Produção: Coréia do Sul. Direção: Im Kwon Taek. Com Lee Hyo-Jeong, Cho Seung-Woo.
= Dia 1/fev quinta: 20h - Dia 3/fev sábado: 20h - Dia 4/fev domingo: 16h
CRÍTICAS:
http://www.contracampo.com.br/79/chunhyang.htm
http://adorocinema.cidadeinternet.com.br/filmes/chunhyang/chunhyang.asp

c A CRIANÇA (Bélgica/França – 2005) – 95 min. Jovem de 18 anos acaba de dar à luz a um menino, cujo pai, dois anos mais velho, vive de pequenos roubos. Ambos possuem visões bastante diferentes sobre o que representa o nascimento do bebê, ainda mais porque os atos do jovem pai em relação ao filho criam sérios dilemas existenciais para o casal. Produção: Bélgica/França. Direção: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne. Com Jérémie Renier e Débora François. Recomendação etária: 12 anos.
= Dia 2/fev sexta: 20h - Dia 3/fev sábado: 16h - Dia 4/fev domingo: 19h
CRÍTICAS:
http://www.revistacinetica.com.br/acrianca.htm
http://contracampo.com.br/80/lenfant.htm

c BANHOS (China – 1999) – 92 min. Abandonado pelo filho mais velho, que foi para outra cidade tentar melhor sorte, pai de família fica em Pequim cuidando do filho retardado e exercendo a profissão de mestre de uma casa de banho. Acreditando que o pai tinha morrido, o filho mais velho volta para a capital chinesa e descobre a importância da casa de banho para a comunidade. Produção: China. Direção: Zhang Yang. Com Jiang Wu, Pu Quanxin, Zhu Xu. Recomendação etária: 16 anos.
= Dia 8/fev quinta: 20h - Dia 10/fev sábado: 20h - Dia 11/fev domingo: 16h
CRÍTICAS:
http://www.contracampo.com.br/22/banhos.htm
http://www.zetafilmes.com.br/criticas/banhos.asp?pag=banhos

c O HOMEM URSO (EUA – 2005) – 100 min. Documentário que acompanha a vida e a morte de Timothy Treadwell, ecologista e especialista em ursos, que foi ao Alasca por treze verões consecutivos para viver desarmado entre esses animais, documentando a viagem com uma câmera nas últimas cinco vezes. O diretor usa as filmagens feitas pelo ecologista, morto por um urso, para entender a difícil relação entre homem e natureza. Produção: EUA. Direção: Werner Herzog. Recomendação etária: 12 anos.
= Dia 9/fev sexta: 20h - Dia 10/fev sábado: 16h - Dia 11/fev domingo: 19h
CRÍTICAS:
http://www.cinemacomrapadura.com.br/criticas/?id_critica=644
http://www.revistacinetica.com.br/ursopaulo.htm
http://www.criticos.com.br/new/artigos/critica_interna.asp?secoes=1&artigo=1013

c UMA VERDADE INCONVENIENTE (EUA – 2006) – 100 min. Documentário no qual o ex-vice-presidente dos EUA apresenta uma análise minuciosa sobre o aquecimento global, abordando os mitos e equívocos existentes a respeito do assunto, além de propor possíveis saídas para que o planeta não seja vítima de grandes catástrofes climáticas nas próximas décadas. Produção: EUA. Direção: Davis Guggenheim. Com Al Gore. Recomendação etária: 12 anos.
= Dia 15/fev quinta: 20h - Dia 17/fev sábado: 20h - Dia 18/fev domingo: 16h
CRÍTICA:
http://www.contracampo.com.br/83/mostraumaverdadeinconveniente.htm
http://www.cinemacomrapadura.com.br/filmes/?id_filme=2821

c CACHÉ (França/Áustria/Alemanha/Itália – 2005) – 117 min. Casal recebe uma fita de vídeo com imagens de sua casa, feitas por uma câmera instalada na rua, e depois passa a receber desenhos sinistros. Na busca pelo autor das misteriosas ameaças à paz da família, Georges e Anne notam que o perseguidor conhece muita coisa do passado, mais do que poderiam esperar. Produção: França/Áustria/Alemanha/Itália. Direção: Michael Haneke. Com Daniel Auteuil e Juliette Binoche. Recomendação etária: 16 anos.
= Dia 16/fev sexta: 20h - Dia 17/fev sábado: 16h - Dia 18/fev domingo: 19h
CRÍTICAS:
http://www.revistacinetica.com.br/cachemecchi.htm
http://www.contracampo.com.br/75/cache.htm

c VOLVER (Espanha – 2006) – 121 min. Raimunda tem um marido desempregado e uma filha adolescente. Sua irmã Sole é cabeleireira e vive sozinha desde que o marido a abandonou. Após a morte da tia Paula, as duas irmãs tentam ajudar a filha de Raimunda, que matou o pai quando este tentou abusar dela. E as duas vão ter o conforto do espírito da mãe. Produção: Espanha. Direção: Pedro Almodóvar. Com Penélope Cruz, Carmen Maura, Lola Dueñas e Yohana Cobo. Recomendação etária: 14 anos.
= Dia 22/fev quinta: 20h - Dia 24/fev sábado: 20h - Dia 25/fev domingo: 16h
CRÍTICAS:
http://www.revistacinetica.com.br/volvercartaz.htm
http://www.contracampo.com.br/82/festvolver.htm
http://www.criticos.com.br/new/artigos/critica_interna.asp?secoes=1&artigo=1113

c C.R.A.Z.Y. – LOUCOS DE AMOR (Canadá – 2005) – 127 min. O filme acompanha a trajetória de Zachary, o quarto dos cinco filhos de uma família conservadora de classe média canadense, do nascimento à adolescência, quando surgem dúvidas a respeito de sua própria sexualidade. Inicialmente vem a negação, mas a maturidade chega com uma libertadora viagem mística por Jerusalém. Produção: Canadá. Direção: Jean-Marc Vallée. Com Michel Côté, Danielle Prouix, Marc-André Grondin. Recomendação etária: 16 anos.
= Dia 23/fev sexta: 20h - Dia 24/fev sábado: 16h - Dia 25/fev domingo: 19h
CRÍTICAS:
http://www.contracampo.com.br/82/festcrazy.htm
http://www.criticos.com.br/new/artigos/critica_interna.asp?secoes=1&artigo=1087

Um comentário: